Crochê e minimalismo

O minimalismo começou como uma onde a um pouco mais de dois nos no Brasil, mas nos últimos tempos, vem se tornando uma tsunami. Mais que uma tendência, trata-se de um conceito de vida, que  se resume no velho "menos é mais", mas sempre priorizando a qualidade, com muita simplicidade.



Não vou detalhar este conceito aqui, mas somente uma breve explicação para quem ainda não ouviu falar. Se você gosta de reciclagem, ama artesanato, o faça você mesmo, vai adorar o minimalismo. Com certeza, assim como eu, você deve ter um monte de tralhas, principalmente materiais de artesanato, aqueles que "um dia você vai usar", algo que você viu e achou que daria um bom "alguma coisa", mas nunca saiu da ideia. Uma hora você não tem mais espaço pra nada, porque você simplesmente não tempo para executar todas as ideias que fervilham em sua cabeça.


Keep Calm meu amor!
O minimalismo tem me ajudado muito e também vai te ajudar, tenho certeza. Você vai encontrar muitos tutoriais que vão te ajudar a desentralhar estas coisas, bem do tipo, faça agora ou jogue fora. 

Encontre fácil no YouTube, muitos canais sobre o assunto. Você vai ver que consegue viver com muito menos, que não tem realmente a necessidade de tanta coisa, vai deixar de consumir desenfreadamente a moda, e vai lucrar muito, mas muito mesmo com tudo isso. Vai economizar, tendo como costume um consumo mais consciente.  Isso se reflete em roupas, objetos decorativos, produtos de limpeza, beleza. Ou você acha que o tal estilo nórdico na decoração veio sem propósito algum?

Você vai observar que algumas marcas de fios/linhas/fios de malha tem ressaltado bastante, a importância de produtos reciclados, e vem incluindo isso, ou produzindo produtos totalmente reciclados. Neste momento, vale antes criar uma consciência de consumo com qualidade e não sair adquirindo tudo que é reciclado e acabar adquirindo mais e mais lixo. A ideia é descartar o que se tem e não adquirir cada vez mais. 

E onde entra o crochê nisso tudo Dona Cristiane??

Em quase tudooooooo. Antes de tudo, tente entender o conceito, ver vídeo e ler um pouco sobre o assunto. Então você poderá aplicar isso ao seu crochê. vamos à alguns exemplos;
  • Cores - menos cores, sem excessos
  • utilidade - faça produtos de uso realmente útil, baseados no conceito. Sacolas de crochê como a que fizemos aqui, ajuda você a não trazer mais sacolas plásticas do mercado, são úteis, ainda te acompanham na praia e muitos lugares. Colchas, servem tanto para cobrir a cama, como aquecer e algumas ainda como cobre pés, e/ou para cobrir sofá e afins.
  • vida útil mais aproveitável - isto se refere a dois pontos no crochê: primeiro o uso de materiais de qualidade, que vão durar bem mais. Segundo, são produtos que dão nova vida à outros já existentes ou prolongam sua vida, como as capas de puff, acentos de cadeiras, remendos em roupas, feitos em crochê, de forma decorativa que parecem q já estavam ali (este é bem curioso)
  • conforto - produtos simples que nos trazem mais conforto e aconchego, como capas de almofadas, tapetes, cortinas, sempre tomando cuidado para não cair no excesso
  • simplicidade - nos pontos. nada muito complicado, de formas simples, o que foge totalmente aos lindos tapetes de crochê russo, mas sim, ainda podemos usá-los. Sempre defendi aqui, gráficos q podem ter mais de uma utilidade. Se você encontrou um que goste muito, veja quais fins ele pode ter, com certeza, você encontrará muitas utilidades.
  • produtos naturais - o minimalismo preza pela conservação do meio ambiente, então a produção caseira de produtos sem química, vem aumentando, e com isso as embalagens seguem a linha. Sachês, saquinhos porta tudo (sapatos, objetos, etc) andam em alta. Decore com crochê e tenha tudo personalizado, o minimalismo também preza pela sua identidade.
  • economia - tente usar primeiro todos os fios que você já tem. Faça coisas que você use, precise e se o fio não se adequar a qualquer uma destas coisas, produza para venda, mas se livre deles antes de fazer novas compras!
  • escambo - sim, escambo, troca! antes de comprar, veja se você consegue trocar seus materiais e produtos com alguém. Encontrei uma página no face que promove o escambo entre artesãos. Levam produtos em boas condições de uso para trocar com outras pessoas. Isso promove, além da economia, uma troca e amizade, informações e vivência entre as pessoas. Pense em fazer um assim na sua cidade. A página é a Escambo Handcraft





Gostou?
Então comenta aí o que você pensa em minimalizar na sua vida.
Eu tenho usado primeiro todos os fios que já tenho, mesmo que seja pra fazer capas de almofadas, assim quando coloco as minhas pra lavar, substituo pelas novas e a casa fica com um visual diferente.
Produzi muitos sapatinhos e amigurumis que vou vender em um evento no mês que vem. 
Ainda quero chegar no ateliê, e meu guarda roupas, mas no momento estou ainda nos fios, e tenho muiiiiiita coisa para minimizar, rissss.

Imagens: Pinterest

Um comentário

Obrigada por deixar seu comntário em MEU MUNDO CRAFT.

VOLTAR AO TOPO